quarta-feira, maio 27, 2009

Quero ir pra NY, como faço?

Essa é uma pergunta que eu tenho ouvido de várias pessoas com frequência cada vez maior. Tava na hora então de colocar um "passo-a-passo" com tudo o que é necessário para vir para os EUA. Como o texto ficou grande, eu já vou contar o final da novela: dá pra fazer essa viagem com 3 mil reais (#prontofalei).

Item número 1 da lista: tirar o passaporte. O passaporte é o documento emitido pelo governo brasileiro para quem quer viajar para outro país. Ele é como se fosse uma carteira de identidade internacional. Para viagens aos vizinhos do Mercosul ele não é necessário, mas quase todos os outros países vão exigir um passaporte, não é só os EUA.
E pra fazer o passaporte, é fácil? Resposta simples: sim, é fácil e dá pra encaminhar pela internet. A Polícia Federal é o orgão responsável pela emissão desse documento, basta entrar no site da PF clicando AQUI e preencher os formulários. A parte ruim vem no final: ao acabar o preenchimento é gerado um boleto com a taxa do passaporte. Qual o valor? Cento e cinquenta e seis reais. Bom, passado o susto da facada, ainda no site da PF é feito o agendamento para ir lá tirar foto, levar a documentação necessária e apresentar o boleto, que obviamente já deve estar pago.
RESUMO:
O quê: Passaporte
Quanto: R$ 156 de taxa
Como: Agendamento pela internet, fotos e documentos na Polícia Federal
Quanto tempo: 30 minutos para tirar a foto, 1 semana para ficar pronto
Documentos: Identidade, CPF, Titulo de eleitor, comprovante de votação e certificado de reservista. Menores de 18 anos precisam preencher uma autorização e levar também a certidão de nascimento.
Onde: Rua Walter Spalding, 50 - Azenha - Porto Alegre

Exibir mapa ampliado


Passaporte na mão, é hora de conseguir o visto, segundo item da nossa lista (e o mais chato). Visto é uma permissão concedida para entrar em algum país. Quem quer passear no Japão vai no consulado japonês pedir o visto para a japinha que trabalha lá. Se você quer ir pra Cuba vai ter que conversar com os camaradas del comandante Fidel. E quem quer ir para Nova Iorque, consegue o visto aonde? Essa é difícil, vou dar 4 opções:
A) Consulado do Cazaquistão, embaixador Borat;
B) Casas Bahia;
C) Consulado dos Estados Unidos da América;
D) Todas as anteriores.
Se você respondeu C sem olhar a resposta, parabéns! Você pode se considerar mais inteligente que a média da população. Se respondeu A, B ou D não desista, uma hora vai vir uma pergunta fácil e você acerta.
Ih, perdi o foco, do que eu estava falando mesmo? Ah do visto. E por qual razão essa é a parte mais chata? Elementar, porque o consulado americano mais perto de POA fica em... São Paulo. Como é inevitável ter que ir lá, aproveite para tirar uns 2 ou 3 dias pra passear, já que a passagem pra terra da garoa tá por menos de R$ 150 no site da Azul. A data para tirar o visto tem que ser agendada pelo site do consulado. Aqui, nova facada: taxa de R$ 38 no cartão de crédito MAIS outra taxa de 131 dólares que TEM que ser paga no Citibank. Com os americanos estão meio paranóicos depois do 11 de setembro, é bom se preparar psicologicamente para trocentas burocracias no consulado, é uma manhã inteira perdida. Leve tudo que mostre que você tem vínculos com o Brasil: registro do carro, carteira de trabalho, extrato da poupança, carnê de prestação do imóvel, declaração de imposto de renda, etc e tal. É certo que vão perguntar quanto tempo você pretende ficar nos EUA, quando pretende viajar e onde vai ficar hospedado. Depois de vencer toda a burocracia infernal e ouvir a famosa frase "visto concedido, boa viagem", pegue o formulário que eles vão dar e preencha com seu endereço do Brasil, pois o visto vai ser enviado via Sedex pra sua casa (aqui você marcha com mais uns 30 reais).
RESUMO:
O quê: Visto
Quanto: Taxa de R$ 38 + taxa de US$ 131 + ida e volta para SP (uns R$ 350) + R$ do Sedex. Não mais do que 750 reais pra quem sabe aproveitar as promoções da Gol. Ou pra quem vai de ônibus :-p
Como: Agendamento pela internet, entrevista no consulado em SP
Quanto tempo: Uma manhã inteira lá dentro, 1 semana para o visto chegar na sua casa.
Documentos: Os básico de sempre (identidade, CPF, certidão de nascimento/casamento), uma foto tamanho 5x5 e qualquer coisa que comprove seus vínculos com o Brasil.
Onde: Rua Henri Dunant, 500, Chácara Santo Antônio, São Paulo SP

Exibir mapa ampliado


Passou por tudo isso e ainda está vivo? Então é hora de comprar a passagem aérea! Os sites Kayak e Travelocity são bons para comparar os preços das passagens internacionais. Eu estive olhando e vi que na baixa temporada, que vai de Abril até Novembro, tem passagem São Paulo-Nova Iorque ida e volta por menos de 750 dólares pela Delta, com todas as taxas incluídas e financiado sem juros no cartão. Com o dólar a 2 reais e a passagem POA-SP por menos de 200, dá quase pra garantir que a despesa aérea vai ser menos de 2 mil reais.

RESUMÃO DA NOVELA:

O que fazer:
1) Passaporte - PF de Porto Alegre - R$ 156
2) Visto - Consulado americano de SP - uns R$ 700
3) Comprar as passagens pela internet - menos de R$ 2.000
Quanto tempo: em 1 mês dá pra providenciar tudo
Totalzão de despesas: 3.000 reais, chutando por cima
Viu só? Não é tão difícil assim vir aqui me visitar. Esse total pode biaxar ainda mais, pois além de estarem dizendo que o preço da passagem São Paulo/NY vai cair pra uns US$ 450, o dinheiro do Obama não para de desvalorizar: não duvido que volte a ficar em torno de R$ 1,70.
Ah, antes que eu esqueça, tenho uma promoção imperdível: os primeiros que vierem a Nova Iorque vão ganhar uma linda foto, publicada neste blog de grande circulação, inteiramente GRÁTIS!

quinta-feira, maio 14, 2009

Curtas

* Já tenho carteira de motorista, conta em banco e cartão do seguro social americano, só faltava mesmo poder votar. Agora não falta mais. Amanhã tem eleição aqui na Roosevelt Island para escolher 2 novos membros para o "comite gestor", uma espécie de câmara de vereadores da ilha. Para votar, basta ser morador, mesmo quem não é cidadão americano pode escolher seus candidatos! Pena que nas eleições "de verdade" (presidente, governador, prefeito, etc) a regra seja diferente... seria legal poder escolher o prefeito que irá suceder o Bloomberg no comando de Nova Iorque.

* Semana passada recebi a visita do Junior Macari. Ele estava voltando de Las Vegas para o Brasil e fez uma escala aqui. Parece que ele gostou muito da cidade (e quem não gosta?). Espero que ele tenha sido o primeiro mas não o último a me visitar aqui. Em breve vou escrever um post com um passo-a-passo de como conseguir toda a documentação para vir para os EUA. É bom aproveitar, o preço das passagens está despencando e o dólar está numa cotação boa e tende a melhorar.

* Ontem comprei uma bicicleta. Mas não uma bicicleta qualquer, é uma bicicleta dobrável! Ela é excelente pra carregar dentro do metrô e até mesmo para guardar dentro do apartamento, cabe num cantinho dentro do closet. Como eu adoro o Craigslist, é tão fácil comprar e vender coisas usadas... bem que esse site poderia funcionar direito no Brasil.